Posts from the ‘GOURMET’ Category

Dicas de MIAMI – PARTE 02 – NEXXT CAFE

Minha próxima dica é o NEXXT CAFÉ que fica na Lincoln Road, a rua fechada mais charmosa e badalada de Miami Beach.

Foi o melhor café-da-manhã que comi por lá e o mais bem servido. Os garçons são super simpáticos e a casa fica lotada em todos os horários. Sentar na calçada e ver o movimento das pessoas que passeiam na Lincoln Road é uma experiência que todo mundo que vai à Miami não pode perder.

Recomendo o:

CARAMELIZED CHOCOLATE BANANA WAFFLE NAPOLEON $9.95 – Sauteed Bananas, Chocolate Sauce and Candied Walnuts

Waffle com banana, chocolate e nozes.(M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!).

Até mais!

Dica pra São Paulo: Veridiana Pizzaria

Outro lugar charmoso que fui em São Paulo foi a Veridiana. Sinceramente, ela dá de mil em qualquer 68 ou Marília aqui de BH e o preço ainda é melhor, (variando de 40 a 50 reais a grande que serve bem 3 pessoas)

A Pizzaria Veridiana, umas das pioneiras a utilizar o conceito pizzaria de grife, tem como proposta oferecer um programa completo: ambiente agradável, boa pizza e música de qualidade. A proposta de “pizzaria mansão“, somada às tradicionais redondas de massa média, é o que faz o grande sucesso das casas, ambas sem placa na porta, a do Jardins, inaugurada em 2005, e a de Higienópolis, localizada em um casarão restaurado de 1903, inaugurada em 2000.
Muitos dos ingredientes são preparados artesanalmente por profissionais da casa e os demais têm um rigoroso processo de seleção feito regularmente por um dos sócios.Na parte de bebidas, a casa oferece todos drinks tradicionais e alguns exclusivos (as caipis fazem o maior sucesso, têm até de banana), além de uma ampla carta de vinhos, mantidos em adega climatizada para atender os mais exigentes gostos.

JardinsA Veridiana Jardins está estrategicamente localizada no coração do Jardins, rua José Maria Lisboa, 493: entre a Campinas e a Pamplona. A casa de 1903 que foi restaurada em 2005, possui um um piano Steinway em um palco suspenso de cristal, um grande espelho d’água, e uma lareira para ser acesa nas épocas de frio – tudo dentro do salão, que ainda conta com um mezanino e um gostoso terraço na entrada, o que soma quatro ambientes.

Mais sobre a Arquitetura:

UM CASARÃO DOS ANOS 30, LOCALIZADO NOS JARDINS, um dos bairros mais elegantes de São Paulo, foi transformado em um local sofisticado e acolhedor para abrigar a segunda unidade da Veridiana Pizzaria. Da antiga construção ficaram poucas paredes. No novo prédio, arcos e paredes em pedras remontam às construções do século 18. Telhado, estrutura e forro são de madeiras de demolição. Em três níveis – mezanino, térreo e piso inferior – a obra mescla algo de medieval com o elegante e o tradicional.

Como a casa funciona apenas à noite, o projeto de iluminação assinado pela lighting designer Maria Luiza Junqueira
da Cunha, titular da M Light Iluminação & Projetos, “foi essencial para exibir a riqueza dos detalhes da arquitetura”, explicou o arquiteto Eduardo Rocha Franco, responsável pela obra.

Para os proprietários da pizzaria, a casa tem vocação de ser grife da mais paulistana das comidas e deve trilhar a mesma história de sucesso de sua matriz. A primeira unidade, localizada em Higienópolis, foi considerada pela revista americana “Condé Nast Traveler”, de abril de 2003, como “salão de pizzaria mais transado do mundo”.
Toques de luz revelam a riqueza dos detalhes arquitetônicos e criam clima acolhedor. No bar do piso inferior, spots para lâmpadas minidicróicas, feitos sob medida, destacam o acervo de bebidas e evitam reflexos nos espelhos.
Terrazza
No térreo, a Terrazza, com sua exuberante vegetação, recebe a clientela de forma harmoniosa. Spots com lâmpada PAR 20 foram instalados num quadriculado de madeira suspenso, todo envidraçado, para salientar o paisagismo, uma das tônicas da casa. “Esse tipo de lâmpada, por ser refletora e produzir bastante brilho, é ideal para iluminação dirigida e de destaque. Além disso é econômica, duradoura e oferece 100% de reprodução de cor”, diz Maria Luiza.
Bar da entrada
O bar da entrada recepciona os freqüentadores com uma iluminação aconchegante e agradável. Tirantes e lâmpadas minidicróicas, presos numa estrutura de ferro, abrigam garrafas e taças de uso do bar. Esse conjunto recebeu iluminação pontual e funcional, que gera reflexos nas garrafas. Conforme varia o conteúdo delas, diferentes tonalidades e nuances se formam pela incidência da luz. Esta iluminação também acentuou a madeira rústica e maciça do balcão.
Paredes de pedra permeiam o bar e se harmonizam com uma fileira de samambaias, criando um clima fresco. Espelhos, que ampliam ainda mais o espaço, deixam o local propício para confraternização dos freqüentadores. A iluminação feita por spots, pintados de preto com lâmpadas AR 111, chama a atenção para os vigamentos em madeira de lei. “As lâmpadas halospot AR 111, com refletor em alumínio facetado, produzem uma distribuição de luz precisa e uniforme, com uma capa de proteção antiofuscante”, explica Maria Luiza. “Seu facho de luz, bem definido, torna estas lâmpadas perfeitas para a iluminação de efeito, a médias ou longas distâncias, proporcionando sofisticação ao ambiente”, acrescenta.
Mezanino
O espaço é dividido em dois níveis. Para dar um toque intimista à área inferior do mezanino, Maria Luiza optou por iluminação feita com minidicróicas e difusores, que amenizam a luz. Nesse ambiente, entre madeiras, vidros, espelhos, pedras e plantas, um lustre de ferro com velas, acima do piano, chama a atenção pelo estilo, que remete à Idade Média.
Na parte superior, o elemento visual forte é a tonalidade avermelhada das paredes. O forno, todo revestido de pedra e extremamente iluminado, enfatiza a área de trabalho dos pizzaiolos, exposta ao público. Neste espaço, foram utilizadas
lâmpadas AR 111, dando continuidade à iluminação estabelecida para o bar de entrada, destacando os vigamentos.
Piso Inferior
No piso inferior, o teto abobadado, todo em tijolos, é o elemento forte e de destaque deste espaço. Por esse motivo, a iluminação foi planejada para exaltá-lo. “As abóbadas, que lembram os espaços bizantinos, foram iluminadas com lâmpadas PAR 20, projetadas para salientar as curvaturas e a textura, chamando a atenção da clientela para o alto como um todo”, relata a lighting designer. Para o bar, a M Light desenvolveu um spot especial. Maria Luiza explica que “como o espaço é todo em espelhos, a solução foi utilizar spots muito pequenos para lâmpadas minidicróicas, de forma
a não produzir ofuscamento e, ao mesmo tempo, destacar o acervo das bebidas”. O deck – um dos cantos preferidos dos visitantes em dias de verão, recebeu iluminação de espetos instalados entre a vegetação, com lâmpadas PAR 20. O espelho d’água, entre o deck e o bar, reflete a flora inserida na margem que acompanha a parede de pedras. Para este espaço, Maria Luiza reservou uma iluminação zen: “Utilizei spots com lâmpadas AR 111 e velas na lareira,
entremeando a harmonia feng de terra, fogo, água e ar”, finaliza.

Minhas dicas de pizzas são:

Napoli in Parigi
Shitaque, Shimeji, Cogumelo Paris, Azeitonas verdes ao alho e azeite.
Della Nonna
Fatias de lingüiça calabresa artesanal, dispostas sobre mussarela.
Napoli in Zucchini
Finíssimas fatias de abobrinhas no azeite, alho e hortelã sobre molho de tomate e creme de ricota.

Ficha Técnica
Arquitetura: Eduardo Rocha Franco
Iluminação:Maria Luiza Junqueira da Cunha
M Light Iluminação & Projetos
Paisagismo: Célia Alves
Lâmpadas: Osram
Luminárias: M Light

Funcionamento:

Domingo a quinta

das 19h às 00h30

Sexta e sábado

das 19h às 1h30

Jardins

Rua José Maria Lisboa, 493 – Jardins

Tels.: 11 3559-9151     11 3559-9151     (270 lugares)

Até mais!

Dica pra São Paulo: Skye

Vou fazer uma série de dicas de lugares maravilhosos que fui durante minha última viagem para São Paulo, a primeira é sobre esse deslumbrante Skye.

Não é por acaso que o bar do restaurante Skye, localizado na cobertura do Hotel Unique, faz tanto sucesso. Seu cenário deslumbrante conta com um deck de madeira de 27 metros de extensão, à beira da piscina vermelha do hotel e animado por DJ. Ali, as pessoas ficam acomodadas em pufes gigantes e espreguiçadeiras, enquanto apreciam uma incrível vista panorâmica da metrópole. No cardápio encontram-se variados e criativos coquetéis, como o ginger cîroc martini. Cítrico na medida e de paladar equilibrado, leva vodca francesa Cîroc (à base de uva), gengibre, limão-siciliano e xarope de flor de laranjeira.  Mas meu preferido mesmo foi o coquetel de frutas sem álcool.

Bar estiloso do hotel Unique, possui decoração moderna e clean, assinada por João Armentano, – janelões de vidro enfatizam a vista para o Parque do Ibirabuera e para os prédios da Paulista. A arquitetura do Hotel, incluindo seu terraço é de autoria do brasileiro Ruy Ohtake.

O restaurante possui três ambientes distintos: o salão principal, o bar e o deck da piscina. Assim como o Unique, o Skye também é um projeto feito para mexer com as sensações das pessoas. Quem chega pelo elevador todo preto, sai em um túnel de luz de pedra ônix branco. Suas portas se abrem automaticamente, dando acesso ao restaurante. A divisão entre o Bar e o Restaurante é feita por um espelho d’água que revela através de um vidro o vão que chega até o térreo do Hotel.(imperdível!)

Comandado pelo chef francês Emmanuel Bassoleil, o Skye oferece um cardápio variado, passando por pratos requintados até sushis e pizzas.  Os pratos da culinária japonesa são assinados pelos sushimens Alberto e Marcos Yamashita, do restaurante Sushi Kin. Entre as opções, o requintado ceviche de St. Pierre marinado no leite de coco com maçã verde e nozes, opção de entrada, contrasta com o risoto PF (feijão, carne seca, queijo coalho, couve e farofa). Sem mencionar as pizzas, individuais, feitas no forno à lenha e com combinações diferenciadas, exemplo da “do patrão”, que leva molho de tomate, rúcula, carpaccio, parmesão e azeite trufado. Pra mim a melhor pizza é a de presunto parma com queijo e alcachofra (desculpa mas eu não lembro o nome).

Pena que no dia que eu fui estava muito frio e não deu pra ficar lá fora. A piscina vermelha iluminada e a panorâmica são imperdíveis. Lá eles têm opções para vários “bolsos”. A deliciosa pizza custava 36 reais e o coquetel que eu mostro na foto, 16 reais. O forro é retrátil e durante o dia deve ficar aberto para iluminar o local. Outra dica: chegue cedo, o restaurante e o bar só fazem reservas para  hóspedes e  de noite é bastante disputado. Acredito que seja a vista mais bonita de São Paulo.Algumas cenas de Tititi já foram gravadas nesse terraço maravilhoso.

Quem for para São Paulo não pode deixar de conhecer.

Bairro: Jardim Paulista
Endereço: Avenida Brigadeiro Luís Antônio,4700
CEP: 01401-002
Telefone: (11) 3055-4702               (11) 3055-4702
Site: http:// www.skye.com.br

Até mais!

Dica pra São Paulo

 

 

Enfim a minha tão esperada viagem pra São Paulo chegou. Amanhã de tarde já estou lá. A dica de hoje foi dada por uma arquiteta durante um inesperado encontro na CasaCor. Adorei as fotos do restaurante e se der quero passar por lá. Acho que nada descreve melhor do que esse texto do próprio site do KAÁ:

 

O arquiteto Arthur Casas foi um dos precursores da parede vertical verde tão presente na decoração atualmente (CasaCor, Novo Albano’s, entre outros) Clique nas fotos para aumentar.

 

O maravilhoso KAÁ fica na Av. Juscelino Kubitschek, 279 – Vila Olímpia. São Paulo – SP

Bom feriado pra todos! Descansem bastante e aproveitem ao máximo. Sábado tem Dj Michel Lara tocando na Pink Elephant em São Paulo também, quem estiver por lá vale a pena conferir.

Até mais!

Dica de Restaurante: Cantina Piacenza

Servindo pratos criativos, com muito requinte e bem acompanhados de música ambiente, a cantina de massas do chef Américo Piacenza é uma ótima opção para quem procura um restaurante ao estilo cantina italiana em BH. A Cantina Piacenza, sempre aberta para o almoço e jantar, oferece pratos que seguem a linha italiana tradicional, com massas caseiras acompanhadas de saladas e crepes. Entre as especialidades do cardápio estão o carpaccio de picanha defumada com sorvete de mostarda e o tortele de cordeiro com molho de costela e raspas de limão.

Minhas sugestões de pratos:

Salada de folhas verdes com carpaccio  – R$ 13,50 (bem servida – boa pra dividir como entrada)

<——Fagotine de alho poró com crocante de bacon, queijo parmesão e molho branco – R$15,90

Lasanha bolonhesa – R$14,90 (muito boa também)

Funcionamento:
De terça a sábado
Almoço – 11h30 a 14h30

Jantar – 19h a 00h

Cantina Piacenza ps: os pratos demoram um pouco, porém vale a pena esperar. Não vá morrendo de fome para não ter que ir embora antes.

Rua Aimorés, 2422 – Lourdes

Belo Horizonte – MG

Tel: (31) 25156092

(31) 25156092

Até mais!

Primeira Restaurant Week de BH

Mais uma vez o portal gastronômico Chef a Chef é homenageado aqui.Dessa vez é pra falar da estréia do Restaurant Week de Belo Horizonte. Texto da Chef a Chef, Rosilene Campolina.

Do dia 20 de setembro ao dia 3 de outubro os belorizontinos poderão se deliciar com a primeira edição do Restaurant Week, um dos mais conceituados festivais gastronômicos do mundo. Em sua edição de estréia, o BHRW, já tem 30 restaurantes confirmados. O evento, que surgiu com o lema de democratizar o acesso à alta gastronomia, destaca-se pelo aumento do movimento de público nas casas participantes, em média esse aumento é de 15% a 30%. Estima-se que cerca de 40.000 pessoas visitem os restaurantes durante o evento. Confira abaixo nas fotos de Rafael Wainberg alguns pratos do evento.

Entrada de Cogumelos do Hermengarda. O Restaurant Week traz uma boa oportunidade de estimular o consumo em períodos de baixa temporada e atrair novos clientes para as casas participantes, já que são fixados valores promocionais durante todo o evento. De acordo com a organização do evento é esperado um aumento no número de clientes potenciais dos restaurantes, cerca de 2.000 clientes.

Prato Principal: O Dádiva. Cada restaurante tem a liberdade de criar o menu de sua escolha, oferecendo duas opções de pratos para a ocasião. Entrada, prato principal e sobremesa terão um preço fixo. No almoço, a refeição custa R$ 27,50 + R$1,00 e no jantar R$ 39,00 + R$1,00 – couvert, bebidas e 10% não estão inclusos no valor. Este valor de acréscimo na conta será destinado a Casa de Apoio AURA. A doação não é obrigatória e a quantia é uma sugestão, podendo o cliente doar o valor que quiser. Com o intuito de contribuir socialmente, o Restaurant Week espera arrecadar 12 mil Reais durante os quinze dias de evento.

Sobremesa: Devassa. Veja quem está no Belo Horizonte Restaurant Week: Data: 20 de setembro a 3 de outubro Semana Extra: 13 a 19 de setembro – Para Clientes Mastercard Platinum e Black

RESTAURANTES PARTICIPANTES: ( com os comentários da Lulu)

ODádiva- Adoro, super glamuroso com maravilhosos lustres e boa comida

Saatore –

Tradição de Minas

Applebee’s – concorrente do Outback, porém prefiro o segundo – a Happy Hour do Applebee’s é melhor

Storica

A mesa Bistronomique

Bistrô da Matilda – Muito gostoso, no entanto o clima meio rural me incomodou – gato circulando no restaurante.

Bistrô Sagrado – super charmoso também, caro, mas vale a pena pra curtir a dois.

Bistrô Verde Essencial

Chez Bastião

D’Istinto

Fabbrica Spaghetteria/ Fabbrica Spaghetteria – BH Shopping – Gosto muito, mas o de Lourdes é mais bonito, maior e aconchegante.

Fícus – Adoro, pratos muito bem elaborados e clima familiar.

Haus Munchen – todas as cervejas do mundo e um maravilhoso chucrute

Hermengarda

La Pasta Gialla – Gostoso e barato, além de muito bem servido.

La Traviatta

Vinicius – Pizza saborosa semelhante a outras famosas de BH

Trattoria Via Destra – Gostoso, porém a casa fecha cedo.

The Art from Mars – variedade e descontração, muito bom.

Lamilonga – a proximidade com a rua atrapalha um restaurante muito promissor – recomendo o pimentão recheado.

Maharaj

Badejo – mais fama do que sabor, o Atlântico supera no quesito peixes.

Feliz

Tavola

Província de Salerno

Matusalém

Maio

Aqueles que não comentei eu nunca fui ou nunca ouvi falar.

Mais informações: http://www.restaurantweek.com.br

Maria Elisa Macedo Link Comunicação Empresarial Assessora de Comunicação maria.elisa@linkcomunicacao.com.br (31) 2126-8071             (31) 2126-8071      /9909-2974

Até mais!

Novidade em BH: Café de la Musique

Apesar de contrariar todas as previsões , como eu tinha falado aqui, achava que abriria no final de julho. Chegou o dining club paulista Café de la Musique em Belo Horizonte.  A casa foi aberta ontem para seletos convidados no tradicional bairro de Lourdes, que definitivamente transforma-se nos nossos Jardins Paulistanos. As obras estavam em curso até semana passada, comandadas pelo arquiteto Paulo Orsini. Como proprietários, os empresários Léo Ribeiro (SP), Didio Mendes, Fernando Moura, André Emrich, Thiago Prata, Matheus Cruz e Marcelo Mourão.”

De antemão já lanço uma novidade, a Tempero Mídia colocou nessa nova sede TV 3D Heinekken SEM ÓCULOS! Parabéns Cid e Bernardo!

Projetada por Paulo Orsini, a casa possui três ambientes, que foram decorados por estilistas renomados como Valdemar Iódice (Iódice), Érika dos Mares Guia (M&Guia) e João Foltran (John John Denin).

O lounge de entrada recebeu a assinatura de Valdemar Iódice, que revestiu os sofás nas cores verde a amarela. A decoração do salão principal foi concebida por Erika dos Mares Guia, que optou por cobrir as cadeiras e os sofás com tecidos zebrados em verde, preto e cinza. Já o mezanino tem assinatura de João Foltran, que usou jeans John John Deinin nos estofados.

O Cafe de la Musique de Belo Horizonte segue o conceito bem-sucedido das unidades de São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre, reunindo no mesmo ambiente moda, música e gastronomia.

Fonte: Buxixo

Rua Bárbara Heliodora, 123      - Lourdes
 Belo  Horizonte - MG