Outro lugar charmoso que fui em São Paulo foi a Veridiana. Sinceramente, ela dá de mil em qualquer 68 ou Marília aqui de BH e o preço ainda é melhor, (variando de 40 a 50 reais a grande que serve bem 3 pessoas)

A Pizzaria Veridiana, umas das pioneiras a utilizar o conceito pizzaria de grife, tem como proposta oferecer um programa completo: ambiente agradável, boa pizza e música de qualidade. A proposta de “pizzaria mansão“, somada às tradicionais redondas de massa média, é o que faz o grande sucesso das casas, ambas sem placa na porta, a do Jardins, inaugurada em 2005, e a de Higienópolis, localizada em um casarão restaurado de 1903, inaugurada em 2000.
Muitos dos ingredientes são preparados artesanalmente por profissionais da casa e os demais têm um rigoroso processo de seleção feito regularmente por um dos sócios.Na parte de bebidas, a casa oferece todos drinks tradicionais e alguns exclusivos (as caipis fazem o maior sucesso, têm até de banana), além de uma ampla carta de vinhos, mantidos em adega climatizada para atender os mais exigentes gostos.

JardinsA Veridiana Jardins está estrategicamente localizada no coração do Jardins, rua José Maria Lisboa, 493: entre a Campinas e a Pamplona. A casa de 1903 que foi restaurada em 2005, possui um um piano Steinway em um palco suspenso de cristal, um grande espelho d’água, e uma lareira para ser acesa nas épocas de frio – tudo dentro do salão, que ainda conta com um mezanino e um gostoso terraço na entrada, o que soma quatro ambientes.

Mais sobre a Arquitetura:

UM CASARÃO DOS ANOS 30, LOCALIZADO NOS JARDINS, um dos bairros mais elegantes de São Paulo, foi transformado em um local sofisticado e acolhedor para abrigar a segunda unidade da Veridiana Pizzaria. Da antiga construção ficaram poucas paredes. No novo prédio, arcos e paredes em pedras remontam às construções do século 18. Telhado, estrutura e forro são de madeiras de demolição. Em três níveis – mezanino, térreo e piso inferior – a obra mescla algo de medieval com o elegante e o tradicional.

Como a casa funciona apenas à noite, o projeto de iluminação assinado pela lighting designer Maria Luiza Junqueira
da Cunha, titular da M Light Iluminação & Projetos, “foi essencial para exibir a riqueza dos detalhes da arquitetura”, explicou o arquiteto Eduardo Rocha Franco, responsável pela obra.

Para os proprietários da pizzaria, a casa tem vocação de ser grife da mais paulistana das comidas e deve trilhar a mesma história de sucesso de sua matriz. A primeira unidade, localizada em Higienópolis, foi considerada pela revista americana “Condé Nast Traveler”, de abril de 2003, como “salão de pizzaria mais transado do mundo”.
Toques de luz revelam a riqueza dos detalhes arquitetônicos e criam clima acolhedor. No bar do piso inferior, spots para lâmpadas minidicróicas, feitos sob medida, destacam o acervo de bebidas e evitam reflexos nos espelhos.
Terrazza
No térreo, a Terrazza, com sua exuberante vegetação, recebe a clientela de forma harmoniosa. Spots com lâmpada PAR 20 foram instalados num quadriculado de madeira suspenso, todo envidraçado, para salientar o paisagismo, uma das tônicas da casa. “Esse tipo de lâmpada, por ser refletora e produzir bastante brilho, é ideal para iluminação dirigida e de destaque. Além disso é econômica, duradoura e oferece 100% de reprodução de cor”, diz Maria Luiza.
Bar da entrada
O bar da entrada recepciona os freqüentadores com uma iluminação aconchegante e agradável. Tirantes e lâmpadas minidicróicas, presos numa estrutura de ferro, abrigam garrafas e taças de uso do bar. Esse conjunto recebeu iluminação pontual e funcional, que gera reflexos nas garrafas. Conforme varia o conteúdo delas, diferentes tonalidades e nuances se formam pela incidência da luz. Esta iluminação também acentuou a madeira rústica e maciça do balcão.
Paredes de pedra permeiam o bar e se harmonizam com uma fileira de samambaias, criando um clima fresco. Espelhos, que ampliam ainda mais o espaço, deixam o local propício para confraternização dos freqüentadores. A iluminação feita por spots, pintados de preto com lâmpadas AR 111, chama a atenção para os vigamentos em madeira de lei. “As lâmpadas halospot AR 111, com refletor em alumínio facetado, produzem uma distribuição de luz precisa e uniforme, com uma capa de proteção antiofuscante”, explica Maria Luiza. “Seu facho de luz, bem definido, torna estas lâmpadas perfeitas para a iluminação de efeito, a médias ou longas distâncias, proporcionando sofisticação ao ambiente”, acrescenta.
Mezanino
O espaço é dividido em dois níveis. Para dar um toque intimista à área inferior do mezanino, Maria Luiza optou por iluminação feita com minidicróicas e difusores, que amenizam a luz. Nesse ambiente, entre madeiras, vidros, espelhos, pedras e plantas, um lustre de ferro com velas, acima do piano, chama a atenção pelo estilo, que remete à Idade Média.
Na parte superior, o elemento visual forte é a tonalidade avermelhada das paredes. O forno, todo revestido de pedra e extremamente iluminado, enfatiza a área de trabalho dos pizzaiolos, exposta ao público. Neste espaço, foram utilizadas
lâmpadas AR 111, dando continuidade à iluminação estabelecida para o bar de entrada, destacando os vigamentos.
Piso Inferior
No piso inferior, o teto abobadado, todo em tijolos, é o elemento forte e de destaque deste espaço. Por esse motivo, a iluminação foi planejada para exaltá-lo. “As abóbadas, que lembram os espaços bizantinos, foram iluminadas com lâmpadas PAR 20, projetadas para salientar as curvaturas e a textura, chamando a atenção da clientela para o alto como um todo”, relata a lighting designer. Para o bar, a M Light desenvolveu um spot especial. Maria Luiza explica que “como o espaço é todo em espelhos, a solução foi utilizar spots muito pequenos para lâmpadas minidicróicas, de forma
a não produzir ofuscamento e, ao mesmo tempo, destacar o acervo das bebidas”. O deck – um dos cantos preferidos dos visitantes em dias de verão, recebeu iluminação de espetos instalados entre a vegetação, com lâmpadas PAR 20. O espelho d’água, entre o deck e o bar, reflete a flora inserida na margem que acompanha a parede de pedras. Para este espaço, Maria Luiza reservou uma iluminação zen: “Utilizei spots com lâmpadas AR 111 e velas na lareira,
entremeando a harmonia feng de terra, fogo, água e ar”, finaliza.

Minhas dicas de pizzas são:

Napoli in Parigi
Shitaque, Shimeji, Cogumelo Paris, Azeitonas verdes ao alho e azeite.
Della Nonna
Fatias de lingüiça calabresa artesanal, dispostas sobre mussarela.
Napoli in Zucchini
Finíssimas fatias de abobrinhas no azeite, alho e hortelã sobre molho de tomate e creme de ricota.

Ficha Técnica
Arquitetura: Eduardo Rocha Franco
Iluminação:Maria Luiza Junqueira da Cunha
M Light Iluminação & Projetos
Paisagismo: Célia Alves
Lâmpadas: Osram
Luminárias: M Light

Funcionamento:

Domingo a quinta

das 19h às 00h30

Sexta e sábado

das 19h às 1h30

Jardins

Rua José Maria Lisboa, 493 – Jardins

Tels.: 11 3559-9151     11 3559-9151     (270 lugares)

Até mais!

Anúncios